sexta-feira, 7 de novembro de 2008

************Orquídeas************


Admiráveis flores
que deixam-me em êxtase,
toda vez que observo sua beleza,
presente na harmonia de suas cores,
na delicadeza de suas pétalas,
no detalhe em forma de babadinhos,
e no seu ar de grandeza.

Como definir a sensação
dessa presença glamorosa,
que me encanta com a sua visão?
Deus criou essa maravilha
com tanto esmero e perfeição,
para tornar nossa vida mais formosa.

Diante de tamanho esplendor,
reconheço que a alegria,
a beleza e o amor
estão dentro de mim,
na presença Divina
que em mim habita.

A beleza que nela vejo
é o reconhecimento
da beleza que existe em mim.

A luz que nela vejo brilhar,
é o reconhecimento da mesma luz,
que está sempre a me iluminar.

A paz que ela transmite-me,
é o reconhecimento da paz
que a presença de Deus
proporciona-me.

A alegria que em mim provoca,
é o reconhecimento da alegria
que sinto com essa presença,
preenchendo meu ser interior.

O amor que em mim desperta,
é o reconhecimento
desse amor maior,
presente em minha vida.

Eliane Santoro da Costa
Reflexão registrada

Dedico essa reflexão à minha mãe.

2 comentários:

Flavinha disse...

Ahhh q lindaaaaa orquídea! Amo!
Mas amo tanto lirios!!!!!
Linda poesia, e q chique! Já está registrada!
Fiquei emocionada em saber q vc ficou emocionada com o comentário do Raphael!
Eles me deram muita força naquela época!
Tia, Pig está linda! Vcs terão q dar muito carinho pra ela!
To deprimida aqui já de deixar ela por 1 semana! hahahahahah
Vcs não podem querer roubar ela de mim viu!
Vou levar ela aí antes pra vcs conhecerem!
Bjossssssss

Rufina disse...

Gostei muito, está num português de portugal,acho que baixou seu lado italiano,é a mais diferente e tão bela quanto,beijinhos.