domingo, 7 de setembro de 2008

**********Soltando o passado**********

(Pintura de Josephine Wall)

De você que de mim se afastou,
sem ao menos perguntar,
como tudo se passou,
volto hoje a recordar.

Você que tanto precisou,
não entendo como nossa amizade acabou.
Só porque rumores escutou
,
a mim abandonou.

Eu,que num momento conturbado,
de um ombro amigo precisei,
vi-me tão só,
nos tempos difíceis que passei.

Hoje,ao me pegar a sonhar,
com você a me visitar,
lembranças deixo voltar,
e em lágrimas no meu rosto rolar.

Nem mesmo podia imaginar,
o quanto isso estava a me incomodar.
Limpando a minha alma aqui estou,
soltando tudo que passou.

Como bolhas de sabão,
vou soltando tudo no ar.
E,como um milagre,tudo desaparece,
num simples estourar.

Disposta a me renovar,
quero desde agora ficar
só com boas lembranças,
para poder recordar.

Eliane Santoro da Costa
Reflexão registrada

Um comentário:

Rufina disse...

Como pode esconder esse dom maaaaaaaaaaaaraaaaaaaaaviiiiiiiiilhoso querida poetisa, são lindas suas poesias, beijão.